No Land Films
FullSizeRender.jpg

FILMES SOBRE ECONOMIAS CRIATIVAS EM SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE PARA A ACEP

A Economia Criativa é entendida como um conjunto de actividades em que a criatividade enquanto capacidade de criar o novo ou de reinventar o velho se torna catalisadora de valor económico. O projecto Futuros Criativos: A Economia Criativa como Estratégia de Desenvolvimento em Cabo Verde, Guiné-Bissau e S. Tomé e Príncipe intervém nestes três países de pequena dimensão.

Existem iniciativas em diversos domínios criativos nos 3 países que representam um potencial para alargamento em quantidade e diversidade de iniciativas criativas.

Seguem-se as histórias de São Tomé e Príncipe.

 

Economias Criativas em São Tomé e Príncipe

Delícias das ilhas

Delícias das Ilhas é uma empresa familiar, criada em 2009, que se especializa na confecção e comercialização de produtos locais transformados a partir dos melhores produtos agrícolas de São Tomé e Príncipe. 
É gerida pelos fundadores Delícia e Bastien Loloum,  que procuram valorizar e divulgar aquilo que São Tomé e Príncipe tem de melhor para oferecer: uma natureza rica em sabores e aromas, em abundância e qualidade.

A casa museu almada negreiros

Joaquim Victor, transformou a antiga Roça Saudade, local de nascimento do artista Almada Negreiros, num local de turismo e de homenagem ao mesmo. É assim uma forma de dar a conhecer aos São Tomenses e à comunidade local um artista "filho da terra" que se tornou uma referência a nível mundial.

Dário pequeno paraíso

Dário Pequeno Paraíso é um artista especializado em imagens evocativas do mundo em que vive. Filho de santomenses, nascido em Lisboa em 1991, mudou-se para São Tomé em 2014 com a missão de mostrar ao mundo a beleza icônica e a liberdade que São Tomé e Príncipe tem através de imagens e, mais recentemente, vídeos.

 

Parceiros e Financiadores